Editor(a): Anderson Taira e Natália Cabeza
(67)9245-7129 - contato@naviraiemfoco.com.br

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Página Inicial Notícia postada dia: 06/11/2013 | Fonte: Globo

Família do Nepal com 'síndrome do lobisomem' passa por tratamento

Foto: Reuters/Navesh Chitrakar)

A nepalesa Devi Budhathouki, de 38 anos, e três de seus filhos - Manjura, Mandira, e Niraj - sofrem de uma doença chamada hipertricose lanuginosa congênita, cujo sintoma é o excesso de pelos.

Depois de sofrerem com o problema durante toda a vida, a família passou por um tratamento a laser para diminuir os sintomas da condição, também conhecida como "síndrome do lobisomem". O tratamento está sendo feito no Hospital Dhulikhel, nas proximidades de Katmandu, capital do Nepal. Veja fotos que mostram a família antes e depois do tratamento.

Devi Budhathoki, de 38 anos, posa para foto antes e depois de iniciado o tratamento para remoção de pelos da face. (Foto: Reuters/Navesh Chitrakar)

A garota Manjura Budhathoki, de 14 anos, é vista antes e depois do tratamento a laser. (Foto: Reuters/Navesh Chitrakar)

 

O garoto Niraj Budhathoki, de 12 anos, também passou por tratamento para aliviar sintomas de síndrome. (Foto: Reuters/Navesh Chitrakar)

A menina Mandira Budhathoki, de 7 anos, também tem a síndrome que afeta sua mãe e irmãos. (Foto: Reuters/Navesh Chitrakar)

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player